BOM DEMAIS PARA SER VERDADE?

por Paul Tripp

A palavra sai da nossa língua tão facilmente.

Bom.

“Uau, esse cereal é tão bom!”

“Nós tivemos um tempo bom no parque.”

“Deixe-me te dizer onde conseguir uma boa xícara de café.”

“Sam é um bom marido.”

Tornou-se uma palavra tão familiar e mundana em nosso vocabulário que nossa mente não leva tempo para considerar o conteúdo. Então, quando lemos que Deus é bom, o que deve acontecer dentro da nossa alma nem sempre acontece. “Verdadeiramente Deus é bom para Israel” – Salmo 73:1. Quando você lê as palavras: “Deus é bom”, seu coração deve ser preenchido com muitas coisas: maravilha, admiração, gratidão e humildade, para citar algumas. Mas estou convencido de que muitos de nós vivemos dia após dia sem nenhuma surpresa.

Nós existimos por semanas, talvez até meses, sem nos impressionarmos com nada. Passamos pela vida sem um sentimento irresistível de gratidão. Nós lidamos com nossas situações, locais e relacionamentos com uma atitude de “é meu por direito; eu mereço isso”. Isso é o oposto do que fomos criados para viver. Nós fomos feitos para viver com os olhos olhando para cima e para fora. Fomos projetados para viver com corações que estão procurando e com fome (e estando satisfeitos em Deus). Cada palavra que pronunciamos, cada ação que temos, cada decisão que tomamos e cada desejo que consideramos deveriam ser influenciados por nossa admiração pela bondade de Deus.

Mas por causa do pecado, poucas coisas nos impressionam. Ou, pelo menos, as coisas erradas são as que nos causam maior entusiasmo. Quando o pecado tira sua admiração ou encanto você procura maneiras para preencher o vazio. E se você não está recebendo o seu senso de admiração verticalmente do Criador, você irá procurá-lo horizontalmente na criação. Isso já aconteceu com você? Você está comprando o burburinho da maravilha onde ela simplesmente não pode ser encontrada?

Aquele restaurante novo vai deleitar seu paladar, mas não lhe apresentará a maravilha de Deus que satisfaz a alma. Aquele carro novo irá transportá-lo luxuosamente por um tempo, mas não tem capacidade de transportar sua alma para um lugar de paz. Seu novo cargo pode impressionar amigos e familiares no começo, mas não pode fornecer a glória que você procura. Asafe, o salmista, descobre o que todos nós estamos procurando uma única palavra: “Bom” Estamos à procura de um bem puro, não adulterado, imperecível, interminável e infalível. O bem que só Deus pode fornecer. O bem que queremos e precisamos. Verdadeiramente, Deus é bom de todas as maneiras possíveis. Bom em: Justiça, Poder, Graça, Fidelidade, Provisão, Misericórdia, Santidade, Ira, Soberania. Todas as suas palavras são boas. Todas as suas ações são boas. Quando Ele dá, Ele é bom. Quando Ele tira, Ele é bom. Nada na criação é como Ele. Tudo ao nosso redor é defeituoso de alguma forma. Mesmo antes da queda, nenhuma glória na criação se comparava à beleza do Criador.

Não, não é bom demais para ser verdade: Deus é bom o tempo todo e em todos os sentidos. Isso deve te surpreender todos os dias!

*Texto Traduzido por Erica Leite Oliveira


O QUE VOCÊ ACHOU?
14 :heart_eyes:
0 :astonished:
0 :laughing:
0 :cry:
0 :angry:

Comentários

Deixe um Comentário

Comece a digitar e pressione Enter para pesquisar

Choose your Language:
 Facebook Youtube Instagram Twitter Store

Comentários